Campina Grande: Bruno quer preservar público presencial em eventos religiosos

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), quer manter o público presencial em eventos religiosos marcados para acontecer nos próximos dias em Campina Grande. O gestor ainda dialoga com o Ministério Público da Paraíba (MPPB) antes de publicar um novo decreto com medidas contra a Covid-19.

As atividades religiosas do chamado “Carnaval da Paz” acontecerão  entre os dias 24 de fevereiro e 1º de março, seguindo os protocolos de segurança. “O prefeito determinou que mantivéssemos diálogos com o Ministério Público e sinalizou na possibilidade concreta de manutenção desses eventos que tradicionalmente ocorrem na cidade”, disse o procurador-geral do município, Aécio Melo.

Conforme apuração do blog, o gestor ainda não decidiu se vai seguir a recomendação do Governo do Estado, que em decreto publicado nesta quarta-feira (16), recomendou aos municípios a suspensão do ponto facultativo nas repartições públicas estaduais nos dias 28 de fevereiro, 1 e 2 de março.

O novo texto não deve trazer mudanças ‘drásticas’, disse o procurador, mantendo os cuidados e protocolos necessários para manter a segurança das pessoas nas atividades sociais e econômicas.”Não é do interesse da cidade entrar em rota de colisão com o Governo do Estado, mas cada cidade tem suas especificades e a situação de Campina Grande é um pouco mais confortável”, avaliou o procurador.

Consciência Cristã

Evento que se tornou uma referência o público evangélico, o Encontro para a Consciência Cristã, que acontece anualmente em Campina Grande, no período do carnaval, deve retomar, em 2022, suas atividades presenciais. A 24ª edição  terá como tema central os ‘Fundamentos’ da fé cristã. A programação ocorrerá entre os dias 24 de fevereiro e 01 de março

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *