Marcelo Queiroga abre oficialmente ‘DIA D’ da vacinação contra gripe e sarampo em João Pessoa

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, realizou, na tarde desta sexta-feira (29), a abertura oficial do ‘Dia D’ de Mobilização Nacional de Vacinação contra a gripe e o sarampo, em João Pessoa. Na ocasião, pediu o “envolvimento” da população para o controle das doenças. Durante este sábado (30), um total de 100 postos de imunização serão disponibilizados em João Pessoa, com atendimento das 8h às 16h.

Queiroga convocou a população para atualizar o cartão de vacinação. “O programa de imunização é historicamente uma das principais políticas públicas brasileiras e segue sendo um compromisso do Governo Federal oferecer a vacina. Tenho certeza que poderemos contar também com o envolvimento da população, assim como ocorreu com a Covid-19”, afirmou.

Para Influenza, a vacinação já foi ampliada para todos os grupos prioritários. Já contra o sarampo, a campanha segue para trabalhadores da saúde e crianças a partir dos seis meses de idade e menores de 5 anos. Em João Pessoa, a mobilização envolve cerca de 600 profissionais de saúde. A ação acontece também no Centro Municipal de Imunização, nas unidades de saúde da família e nas Policlínicas Municipais.

Grupos de risco para gripe – Fazem parte do grupo prioritário as pessoas com 60 anos ou mais, crianças na faixa etária de 6 meses até 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas, funcionários do sistema de privação de liberdade, pessoas com deficiência permanente e caminhoneiros.

Ainda estão convocados os trabalhadores de transporte coletivo, rodoviário, portuários, funcionários do sistema prisional e profissionais das forças de segurança e salvamento (policiais, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas).

O secretário nacional de Vigilância Sanitária, Arnaldo Medeiros, ressaltou que a vacinação é a melhor forma de evitar doenças que são controláveis. “A vacinação é um ato de cuidado, é um ato de amor. Os entes do poder executivo fizeram sua parte para disponibilizar a vacina, agora é essencial que a população faça sua parte e vá a um dos postos disponíveis”, destacou.

Documentação – Para vacinação é necessário levar, além do cartão de vacina, os documentos comprobatórios de cada grupo. Os profissionais que se enquadram na ampliação dos grupos prioritários deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua. Já pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico.

Ainda estiveram presentes na abertura do ‘Dia D’ a representante da Organização Pan-Americana de Saúde, Socorro Gross; a secretária de Estado da Saúde, Renata Nóbrega; o secretário municipal da Saúde, Luís Ferreira Filho; e o superintendente do Ministério da Saúde na Paraíba, Tiago de Oliveira.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *