Apoio a Bruno Roberto é gesto para ‘unir oposições em torno de Pedro’, diz Romero

Ao tornar público seu apoio à pré-candidatura ao Senado de Bruno Roberto, nesta sexta-feira (18), o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), disse que a decisão em apoiar a postulação do Partido Liberal (PL) é um gesto para ‘unificar as oposições na Paraíba’.

Pelas declarações feitas após o anúncio, a unificação pretendida é em torno da pré-candidatura de Pedro Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado. “Irei com o objetivo de unir as oposições em torno do nome do deputado Pedro, esse é um gesto de unificação”, escreveu nas redes sociais.

O objetivo perseguido pelo ex-prefeito, por enquanto, tem alguns obstáculos. O primeiro deles é que Bruno Roberto declarou, recentemente, apoio ao nome de Nilvan Ferreira (PTB) ao Governo da Paraíba, levando a informação, inclusive, ao conhecimento do presidente Jair Bolsonaro (PL) em sua passagem recente pelo estado.

Mais cedo, em entrevista à Rádio Arapuan, Bruno Roberto reafirmou a aliança com o apresentador, mas disse que continuará construindo apoios de outros nomes que, assim como Romero, estão ligados a outros pré-candidatos ao Governo. “Manteremos o apoio a Nilvan, mas essa eleição se desenha de forma bastante dinâmica”, reconheceu.

Por fim, para unir as oposições, Romero ainda precisaria ‘contornar’ o fator Sérgio Queiroz. O pastor tem dado sinais cada vez mais claros que poderá estar na disputa de outubro, nem que seja sozinho, sem composição em chapa majoritária, atrelado ao presidente Jair Bolsonaro e a valores da direita política.

Confira publicação a seguir:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *