Queiroga na Paraíba: ‘Vamos desmascarar os mascarados de sempre’; Ouça

Foto: Reprodução / TV Cabo Branco

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, avaliou nesta quarta-feira (10), em agenda na Paraíba, que o uso obrigatório das máscaras poderá ser abolido até o fim do ano. De acordo com ele, o Ministério da Saúde atua para possibilitar à população passar o Natal sem utilizar o equipamento.

Queiroga fez a declaração à imprensa em entrevista coletiva de lançamento da Campanha de Atenção Primária à Saúde, em João Pessoa.  “Estamos indo muito bem e vamos trabalhar firmemente para ter um Natal sem máscara e depois vamos desmascarar os mascarados que sempre prejudicaram o país”, disse.

O ministro fez a afirmação baseado nos dados da imunização do país, que já alcançou 70% de cobertura de aplicação da segunda dose em brasileiros acima de 12 anos. O paraibano também se posicionou contra a obrigatoriedade das vacinas.

“Temos mais de 344 milhões de doses de vacina. Já estamos aplicando mais de 8 milhões da terceira dose. As pessoas devem buscar as vacinas livremente. Eu como ministro da Saúde não vou puxar a orelha do indivíduo para levar ele para sala de vacinação. a população brasileira é esclarecida”, comentou.

No mesmo evento, em entrevista ao repórter Fernando Braz, da Rádio Arapuan, o secretário de saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, disse que vai trabalhar para que, no âmbito da Paraíba, as máscaras continuem a ser obrigatórias.

“Somos contra a desobrigação do uso de máscaras, pois representam uma barreira importante para impedir a transmissão da doença. No que depender de mim o uso das máscaras vai continuar sendo obrigatório”, reafirmou.

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *