Prévias suspensas: tucanos adiam escolha do candidato à Presidência após falha em sistema de votação

Deu quase tudo errado no dia marcado pelo PSDB para a escolha do candidato do partido à Presidência da República. A legenda decidiu suspender a votação das prévias internas devido a uma uma falha no aplicativo de votação, neste domingo (21).

A votação teve início às 7h e estava prevista para ser encerrada às 15h, com a divulgação do resultado às 17h, mas desde o início da manhã foram registrados problemas no aplicativo. Inicialmente, a cúpula do partido anunciou que o horário da votação seria ampliado até as 18h.

O adiamento ocorreu porque os problemas no sistema de votação persistiram. Em nota, o partido disse que o aplicativo “não comportou a demanda dos votantes das prévias” e que os votos registrados neste domingo estão preservados e que a retomada da votação ainda será definida.

“O PSDB definirá nova data para reabertura do processo de votação para que todos os filiados que não puderam votar neste domingo possam, com tranquilidade e segurança, registrar o seu voto e concluir a escolha do nosso candidato às eleições presidenciais de 2022”, diz o documento.

Também neste domingo (21), a deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC) denunciou publicamente a equipe do governador de São Paulo, João Dória (PSDB), de tentar comprar seu apoio nas eleições internas.

Prévias

Os tucanos vão escolher entre os pré-candidatos Arthur Virgílio Neto (ex-senador), Eduardo Leite (governador do Rio Grande do Sul) e João Doria (governador de São Paulo). A votação segue até às 15h. Ao todo, 44.700 tucanos em todo o Brasil participam das prévias.

Agenda Política com G1

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *