Aos gritos, deputada acusa campanha de Dória de compra de votos em prévias do PSDB, anuncia saída do partido e voto em Bolsonaro; VÍDEO

As prévias do PSDB, para a escolha do candidato do partido à Presidência da República, estão sob acusação de compra de votos. Neste domingo (21), a deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC) denunciou publicamente a equipe do governador de São Paulo, João Dória (PSDB), de tentar comprar seu apoio nas eleições internas.

A parlamentar afirmou, também, que tentaram filmá-la votando. Ela é apoiadora de Eduardo Leite, mas diante da confusão anunciou que está de saída do partido e que vai votar no presidente Jair Bolsonaro (sem partido). “Estou saindo desse partido e vou para o PL porque eu sou Bolsonaro”, afirmou.

O deputado federal paraibano Ruy Carneiro viu tudo de perto.

A deputada não disse quem teria tentado comprar seu voto, apenas ameaçou mostrar mensagens. Segundo o site Poder360, a confusão teve início quando o presidente do PSDB-AC tentou impedir que ela fosse até a urna de votação.

Prévias

Os tucanos vão escolher entre os pré-candidatos Arthur Virgílio Neto (ex-senador), Eduardo Leite (governador do Rio Grande do Sul) e João Doria (governador de São Paulo). A votação segue até às 15h. Ao todo, 44.700 tucanos em todo o Brasil participam das prévias. A votação ocorre através de aplicativo eletrônico desenvolvido pela legenda.

VEJA VÍDEO:

Agenda Política com imagens de Poder360

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *