Presidente do MDB libera aliança com PT na Paraíba e ‘minimiza’ propostas de Lula para economia

O presidente nacional do MBD, Baleia Rossi, liberou o partido para compor um palanque com o Partido dos Trabalhadores (PT), nas eleições deste ano, na Paraíba, e disse que os recentes conflitos entre as duas legendas são ‘página virada’. As declarações repercutiram em entrevista à Rádio Arapuan nesta segunda-feira (13).

Além de reafirmar que há ‘uma grande torcida’ para que o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) seja candidato ao governo do Estado, o presidente da agremiação admitiu a realização de um palanque duplo na Paraíba, numa aliança com o Partido dos Trabalhadores (PT).

Nesse cenário, Veneziano Vital teria o apoio de dois candidatos a presidente: Simone Tebet, o nome oficial do partido ao Palácio do Planalto, e do ex-presidente Lula (PT), que inclusive já participou de reuniões com o paraibano afim de discutir o pleito de 2022.

Trata-se de uma equação aparentemente difícil de ser resolvida na cabeça do eleitor, já que ambos os partidos viviam em guerra, tanto no cenário nacional quanto na Paraíba, até pouco tempo atrás. Mas para os caciques partidários, sempre vale a antiga premissa de que tudo é possível.

Questionado pelo autor do blog sobre as propostas do ex-presidente Lula para intervir na economia e revogar medidas de austeridade e responsabilidade fiscal aprovadas no governo do ex-presidente Michel Temer (MDB), como a reforma trabalhista e o teto de gastos, Baleia Rossi disse que as propostas de Lula estão em fase ‘embrionárias’, e que na avaliação dele não serão colocadas em prática.

“O teto de gastos é uma equação, uma solução muito inteligente que devolveu credibilidade para nosso país, especialistas e economistas fizeram isso. Muito provavelmente o vice do Lula será o Alckimin, que defendeu a Reforma Trabalhista”, disse. Na prática, a próxima aliança com o PT, visando a volta ao Poder, valerá mais que a responsabilidade fiscal.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *