Malafaia pede investigação ‘profunda’ de pastores no MEC: ‘um favor aos evangélicos’; VÍDEO

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória e Cristo (ADEC), defendeu que haja uma investigação ‘profunda’ sobre a atuação dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura no Ministério da Educação (MEC). Os 2 foram citados no áudio do ministro da Educação, Milton Ribeiro, como supostos beneficiados pela pasta no repasse de verbas aos municípios.

Malafaia pediu ao Ministério Público e à Polícia Federal que quebrem o sigilo telefônico e bancário dos pastores e disse que eles não podem manchar a imagem dos líderes evangélicos nacionais. “Vai fazer um favor aos pastores evangélicos do Brasil. Nós somos mais de 200 mil pastores nesse país e não vamos tomar lama por causa de 2 camaradas”, declarou Malafaia em seu canal no YouTube.

O religioso também comparou os pastores ao PT e disse que, diferentemente da sigla, a categoria não “encobre seus ladrões e corruptos”. Silas Malafaia disse que o presidente Jair Bolsonaro (PL) não está envolvido no possível esquema de favorecimento no MEC e que é comum o presidente passar instruções aos ministros.

Assista ao vídeo a seguir:

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *