‘Irritadinho’ e ‘calote’: Veneziano e Siqueira trocam farpas por palanque do PT na Paraíba

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), pré-candidato ao Governo da Paraíba, e o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, trocaram farpas na tarde desta quarta-feira (29), em entrevistas para a Rádio Arapuan FM, sobre a formação de palanques com a presença do ex-presidente Lula na Paraíba.

As críticas mútuas começaram quando o senador paraibano chamou o comandante socialista de “irritadinho”, ao comentar uma declaração de Carlos Siqueira sobre a formação de acordos entre o PT e o PSB nos estados. O emedebista negou que dentro desses acordos estivesse uma eventual retirada de sua pré-candidatura.

“Já foi dito ao presidente da sigla, do PSB, que pode até ter ficado um pouco irritadinho, que a situação na Paraíba é um fato consumado por força de uma decisão de há muito tempo, por parte do ex-presidente Lula e da executiva nacional do PT”, disse.

Com a fala, Veneziano descarta eventual recuo de sua postulação para favorecer uma união entre Fernando Haddad (PT) e Márcio França (PSB) em São Paulo. “Isso não passa de infantilidades e desespero de tentar agarrar-se a algumas outras pretensões”, considerou o parlamentar paraibano.

No último dia 16 de junho, em agenda em Natal, Lula gravou um vídeo em que confirma seu apoio pessoal à pré-candidatura de Veneziano ao Governo da Paraíba e de Ricardo Coutinho, ex-governador, para o Senado.

Resposta de Carlos Siqueira

Em resposta ao vice-presidente do Senado, também em entrevista à Rádio Arapuan FM, o presidente nacional do PSB acusou o parlamentar paraibano de ter dado um ‘calote’ no partido ao não pagar dívidas de campanha relativas às eleições de 2018.

Siqueira também disse que o paraibano deveria ‘lavar a boca’ antes de falar sobre articulações do PSB e se referiu ao senador como candidato ‘do traço nas pesquisas’. “Ele precisava primeiro pagar uma dívida que tem com o PSB, de mais de R$ 105 mil. Ele precisa primeiro pagar o que deve para fazer uma crítica”, respondeu.

Ainda na entrevista, Carlos Siqueira chamou de ‘inelegível’ o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) e acrescentou que Veneziano deveria preocupar-se em buscar outro nome para disputar o Senado. “Ele deveria estar mais preocupado em procurar um outro candidato, pois o dele é inelegível”, finalizou.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *