Enquanto Raniery propõe ‘apagar’ o fogo, Mikika Leitão ‘incendeia’ aliança de Veneziano e João; OUÇA

Entusiasta de uma candidatura própria do MDB ao Governo da Paraíba em 2022, o vereador Mikika Leitão, presidente do partido em João Pessoa, colocou mais lenha na fogueira da aliança de Veneziano e João Azevêdo (Cidadania), que começou a queimar nesta sexta-feira (08), em Campina Grande.

De acordo com Mikika Leitão, a ‘exclusão’ de Ana Cláudia da mesa onde estava o governador e sua equipe é mais um passo para o rompimento, que deve levar a uma candidatura de Veneziano Vital do Rêgo ao Governo da Paraíba. Segundo o parlamentar, seria o governador o autor do incêndio.

“O governador está querendo que Veneziano seja candidato de todo jeito, mesmo sem Veneziano querer e dizer que é candidato. É tanto que Veneziano não pode visitar Lula, não pode visitar prefeitos, não pode, tem que passar por ele. Cadê a democracia desse homem?”, questionou em mensagem ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM.

Do outro lado, Raniery Paulino, deputado estadual, exerce a função de bombeiro. Ele vai propor um encontro entre Veneziano e o governador, para que ambos cheguem a um entendimento, e apaguem o fogo.

“Minha função é contemporenizar, você não vai ouvir uma fala minha que gere qualquer embaraço. Irei tenta promover um encontro do senador Veneziano, meu presidente do partido, com o governador João Azevêdo, seja na minha residência, onde preferirem, para tomarem um café”, disse na Arapuan.

OUÇA ÁUDIO A SEGUIR: 

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *