Malafaia manda recado a Alcolumbre sobre boicote a Mendonça: ‘se barrarem ele, vai outro terrivelmente evangélico’; VÍDEO

A postura do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) em não marcar a sabatina de André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), levou o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), a divulgar um vídeo com duras críticas ao parlamentar.

Em tom indignado, o pastor, que é amigo de Bolsonaro, chamou Alcolumbre de “inescrupuloso” e criticou a busca por “pseudo-evangélicos” para a vaga. “Estou há 90 dias calado, vendo a safadeza contra a indicação de André Mendonça para o STF. Nunca aconteceu isso na história”, disse.

Sem citar nomes de possíveis alternativas a Mendonça, Malafaia afirmou que não foram os líderes evangélicos que pediram um indicado para o STF, mas que foi uma “palavra” de Bolsonaro. E emendou que o grupo religioso é quem vai escolher outro nome, caso Mendonça seja barrado.

“Se um presidente decidir colocar alguém terrivelmente católico, ele vai consultar os bispos da Igreja Católica. E se decidir por alguém terrivelmente evangélico, vai consultar os líderes evangélicos. Então, não adianta esse joguinho sujo de tentar arrumar um pseudo-evangélico para colocar na goela do presidente, porque vai passar por nós”, disse.

O vídeo também contém recados a integrantes do governo, a exemplo do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), e o líder do no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).

“Não adianta jogo debaixo dos panos para botar alguém de interesse, porque não vai dar certo. Se barrarem André Mendonça, vai ter um outro que seja terrivelmente evangélico. E não serão vocês que dirão se A ou B é terrivelmente evangélico”, afirmou.

VEJA

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *