Em audiência com ministro, Eduardo Bolsonaro tem novo atrito com Julian Lemos: ‘vai ter que ralar pela reeleição’; VÍDEO

Parlamentares participaram de audiência com ministro Anderson Torres na Comissão de Segurança Pública da Câmara / Fotos: reprodução / Agenda Política

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-RJ) protagonizou um novo embate com o deputado paraibano Julian Lemos (União), chamou o parlamentar de ‘desleal’ e disse que o paraibano terá que ‘ralar para a reeleição’. Dessa vez, o atrito ocorreu durante audiência da Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal, que nesta terça-feira (11) ouviu o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, para discutir o combate ao crime.

Tudo começou quando o deputado paraibano, ao se dirigir ao ministro, afirmou que que Bolsonaro é ‘o pior presidente’ no setor da segurança pública e fez questionamentos sobre investimentos na área. O deputado disse também que o presidente não se mobiliza para ajudar as categorias que votaram nele. “Estou fazendo crítica ao Governo e não ao senhor, porque o senhor é de ‘rocha’, competente, atuante e que tem minha admiração”, disse.

Com a palavra, Eduardo Bolsonaro rebateu o paraibano, sem citá-lo nominalmente. Julian já havia se retirado da comissão. “Quando o presidente precisou desse deputado, que foi eleito pelo presidente Bolsonaro e não pela pauta da Segurança Pública, ele correu. (…) Não será agora que o presidente vai pedir de joelhos favor a ele”, afirmou.

O filho de Bolsonaro compartilhou o trecho do vídeo nas redes sociais. (Assista abaixo)

Em resposta aos questionamentos de Julian Lemos, o ministro Anderson Torres afirmou que o Governo Federal tem atendido todos os estados, inclusive a Paraíba, que segundo ele recebeu mais de R$ 51 milhões do Fundo Nacional da Segurança Pública para investimentos em tecnologia e inteligência. “Os investimentos estão sendo feitos, inclusive na Paraíba, que está integrada com demais estados do Nordeste”, explicou Torres.

Assista ao vídeo a seguir

Atritos

Os dois parlamentares têm histórico de atritos nas redes sociais.  Na última sexta-feira (06), Julian Lemos reagiu a uma provocação de Eduardo Bolsonaro, que no Instagram marcou o paraibano em um vídeo em que Bolsonaro é ovacionado ao sair de uma pizzaria. “Parece que o presidente sentiu sua falta”, escreveu Eduardo.

Em resposta, Lemos chamou Eduardo de mimado e idiota, e fez menção ao consumo de substâncias ilícitas por parte do parlamentar. No dia seguinte, no Twitter, o deputado paraibano escreveu uma série de adjetivos negativos contra Eduardo. “Vaidoso, prepotente, mimando, covarde, frouxo, ingrato, mentiroso, desonesto, desleal, rola pequena, incapaz de resolver diferenças como um homem de verdade”, disse.

Veja a publicação a seguir

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *