Eliza é convocada por Lira e quer relatar projeto para endurecer punição contra estupro

Parlamentar deve tomar posse na próxima terça-feira (19) / Foto: Instagram

O deputado federal Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, convocou nesta sexta-feira (15), em Brasília, a suplente Eliza Virgínia (PP) para assumir uma cadeira na Câmara Federal após a licença do deputado Aguinaldo Ribeiro, titular do mandato. A posse deve ocorrer no formato remoto, na próxima terça-feira (19).

Em vídeo divulgado nas redes sociais, Eliza agradeceu ao deputado Aguinaldo Ribeiro, à família e aos apoiadores, pela oportunidade. Ela disputou o cargo de deputada federal em 2018 e recebeu quase 45 mil votos. Para assumir o cargo, ela pediu licença da Câmara de Vereadores em João Pessoa, abrindo espaço para a suplente Helena Holanda (PP).

“Um momento muito esperado e sonhado na minha vida, pois eu tinha vontade de representar a Paraíba no Senado Federal, de representar minhas bandeiras em Brasília. Agradeço a Deus pela oportunidade e a todas as pessoas que fazem parte desse momento, principalmente o deputado Aguinaldo Ribeiro, que é uma peça importante nesse Congresso Nacional, líder da Maioria”, considerou.

Virgínia recebeu no primeiro semestre a promessa de que assumiria a vaga de deputada federal, já tendo traçado um planeamento do que pretende fazer nos meses em que vai representar seus eleitores conservadores que. “Eu não vou decepcionar, vim fazer o que sempre preguei, lutar pela vida, pela família”, revelou.

Primeiras ações

Já convocada, Eliza se reuniu com a ex-ministra da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e se comprometeu em relatar uma proposta que visa aumentar a pena contra religiosos que se envolverem em casos de estupro. “Estamos requerendo a relatoria em plenário e solicitando urgência para que ele seja votado rapidamente”, prometeu.

O primeiro projeto a ser apresentado por ela na Câmara terá como objetivo estender a aplicação da Provinha Brasil, avaliação diagnóstica do nível de alfabetização das crianças matriculadas no segundo ano de escolarização, para todas as série do ensino fundamental no país.

Reuniões

Questionada pelo blog, Eliza Virgínia acrescentou que pretende compor a base do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Congresso Nacional e quer participar de reuniões no Palácio do Planalto para apresentar suas demandas. “Estamos articulando com a assessoria para participar de todos os eventos no Planalto e estaremos apoiando essas pautas”, confirmou.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *