Bruno Cunha Lima, ‘o mediador’ da oposição e a defesa de Romero para 2022; Ouça

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), se colocou nesta sexta-feira (29), como ‘mediador’ das oposições para a construção de uma candidatura ao Governo do Estado em 2022.  Ele voltou a defender o nome do ex-prefeito de Romero Rodrigues como pré-candidato e defendeu a ‘força política’ da oposição.

O gestor justificou sua posição ao avaliar que o ex-prefeito fez uma gestão bem avaliada em Campina Grande e que, segundo ele, poderia ser estendida para o estado. De acordo com Bruno, no encontro que teve com Romero em Brasília, e que reuniu lideranças do PSDB e do PSD,  manteve sua posição em defesa da candidatura do aliado.

‘Temos força política e resultados administrativos suficientes para apresentar uma pré-candidatura, que é traduzida no nome do ex-prefeito Romero”, destacou.

O atual prefeito acrescentou que está disposto a assumir um papel de articulador das oposições no sentido de construir a candidatura do grupo e revelou que manteve diálogos com os deputados federais e pré-candidatos ao Senado, Aguinaldo Ribeiro (PP) e Efraim Filho (DEM).

“Me predisponho a ajudar para a atrair outros aliados e partidos. Estive com os deputados conversando demoradamente, coloco-me como mediador para contribuir com a tese de candidatura própria”, ressaltou.

Plano Pedro

Ainda na entrevista, Bruno disse que a oposição dispõe do deputado federal Pedro Cunha Lima como alternativa a ser considerada para as eleições. “Ele cumpre um belíssimo trabalho em Brasília e tem me ajudado muito aqui em Campina Grande com a destinação de emendas, então particularmente, estou posto como mediador para construção”, ressaltou.

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *