Bolsonaro reduz em até 25% alíquotas do IPI sobre automóveis e eletrodomésticos

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou assinou um decreto, nesta sexta-feira (25), que reduz as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que impacta no preço de automóveis, eletrodomésticos da chamada linha branca – como refrigeradores, freezers, máquinas de lavar roupa e secadoras – e outros produtos industrializados.

Para a maior parte dos produtos, a redução é de 25%, entretanto alguns tipos de automóveis tiveram redução menor na alíquota, de 18,5%.

Segundo o Ministério da Economia, a redução do IPI representará uma renúncia tributária de R$ 19,5 bilhões para o ano de 2022, de R$ 20,9 bilhões para o ano de 2023 e de R$ 22,5 bilhões para o ano de 2024, o que não vai impactar nas contas públicas, já que, segundo o governo, a arrecadação federal em janeiro de 2022 somou R$ 235,3 bilhões, um volume recorde.

“Há, portanto, espaço fiscal suficiente para viabilizar a redução ora efetuada, que busca incentivar a indústria nacional e o comércio, reaquecer a economia e gerar empregos. O decreto entrará em vigor imediatamente e não depende da aprovação do Legislativo”, informou a Presidência da República, em nota.

Por meio de nota, a CNI (Confederação Nacional da Indústria) disse que a diminuição do imposto é positiva para a economia e que os preços dos produtos industriais irão cair, estimulando o consumo e controlando a inflação.

Confira publicação a seguir:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *