Wellington Roberto revela conversas com Cássio para unir centro-direita na Paraíba

O presidente estadual do PL, o deputado federal Wellington Roberto, disse nesta segunda-feira (07), que mantém conversas com o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) sobre uma união do grupo oposicionista para a disputa ao Governo do Estado. Segundo o parlamentar, há um compromisso para uma aliança no segundo turno do pleito contra João Azevêdo (Cidadania).

“Há um compromisso de que, quem for para o segundo turno, receberá o apoio do outro”, informou o parlamentar em entrevista ao programa 60 minutos, da rádio Arapuan FM.

No primeiro turno, o PL apoia o nome do apresentador Nilvan Ferreira (PTB), enquanto o PSDB lançou o nome do deputado federal Pedro Cunha Lima. “Nilvan e Pedro são a verdadeira oposição na Paraíba, isso que é concreto”, disse Wellington Roberto.

A fala é mais um sinal de que há, nos bastidores, uma busca por aproximação entre os dois grupos.

No mês passado, o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), ligado a Pedro e Cássio, declarou apoio ao pré-candidato ao Senado do PL, Bruno Roberto, filho de Wellington. Na semana seguinte, foi a vez do prefeito de Guarabira, Marcus Diogo (PSDB), fazer o mesmo movimento.

Na entrevista, Wellington Roberto garantiu que no primeiro turno a pré-candidatura de Nilvan está mantida e que, inclusive, receberá o apoio e o reforço pessoal do presidente Jair Bolsonaro. “O palanque do presidente Bolsonaro é o de Nilvan. Claro que o presidente virá à Paraíba apoiá-lo”, destacou.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *