Prefeito de Cabedelo recua de apoio a Azevêdo e afirma que Efraim tem espaço na oposição; Ouça

Em meio ao debate sobre a indicação do pré-candidato ao Senado a compor a base governista, o prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (União),  recuou de um apoio político à reeleição do governador João Azevêdo (PSB) nas eleições deste ano. Em entrevista à Rádio Arapuan FM, nesta segunda-feira (14), ele disse que ‘está neutro’ em relação às eleições para o Palácio da Redenção.

“Pretendo ter uma conversa com o governador no momento oportuno, mas hoje prefiro não declarar apoio a nenhum governador, a nenhum candidato. Cabedelo vai ficar neutra. Vamos escutar a população, ouvir o projeto que a cidade precisa e quer antes de tomar uma decisão”, ressaltou. Em dezembro do ano passado, Vitor havia indicado apoio ao governador.

O prefeito, que defende o nome de Efraim Filho (União) como pré-candidato ao Senado, negou que esteja tentando interferir na montagem da chapa de Azevêdo, como foi sugerido pelo governador em resposta a críticas feitas pelo gestor cabedelense nas suas redes sociais. O gestor questionou, entretanto, os critérios definidos por Azevêdo na definição da chapa.

“Não concordo com o critério do governador, que disse que só aceitaria quem votasse em Lula. Eu não voto na esquerda, será que eu não sirvo ao projeto?”, questionou. “Eu quero muito que haja sempre o direito de divisão. Já temos dois senadores de Campina, que são Daniella e Veneziano. E a representatividade da Região Metropolitana, ficará com quem?”, questionou.

Oposição

Vitor Hugo acrescentou que, caso não haja espaço na chapa de João Azevêdo, Efraim Filho tem espaço garantido na oposição. Ele lembrou que aliado já teria o apoio de 160 prefeitos para a disputa em outubro. “Quem não queria levar esse lote todinho com ele? É um nome que agrega e soma, mas quem decide a chapa é o governador. Quem não gostar, sai, e quem gostar fica. Política se faz assim”, pontuou Vitor Hugo.

Ouça

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *