Veneziano, João, Ricardo e Lígia: Lula coloca ‘todos’ no mesmo barco na Paraíba; Ouça

O ex-presidente Lula da Silva (PT), pré-candidato à Presidência da República, disse nesta terça-feira (26), que pretende viajar à Paraíba, em breve, para dialogar com aliados locais e pedir apoio a “todo mundo” para as eleições presidenciais desse ano. “Esse é um bom problema”, disse.

O petista comparou a um técnico de futebol que, nas palavras dele, tem “jogadores bons”. “Eu não recuso voto”, afirmou em entrevista a uma rede de influenciadores digitais. Havia uma discussão sobre a possibilidade de um palanque “exclusivo” para o ex-presidente em âmbito estadual, tese que fica cada vez mais distante.

Na entrevista, Lula afirmou que não “veta ninguém” e se declarou como amigo da vice-governadora, Lígia Feliciano (PDT) e do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) e “muito amigo” do ex-governador Ricardo Coutinho (PT). Ele disse, ainda, que deseja dialogar com o governador João Azevêdo (PSB).

Apesar de comparar a política estadual a um jogo de futebol, fazendo uma analogia, o ex-presidente colocou os pretensos aliados no mesmo barco: o daqueles que apoiam as políticas de Lula e do PT. “Eu quero chegar lá e fazer uma conversa com todo mundo e se for possível vou pedir a apoio a todo mundo, pois o que importa é a gente ganhar”, informou.

Os personagens citados por Lula, no entanto, estão praticamente todos “rompidos”, politicamente, em âmbito estadual, em torno de objetivos aparentemente distintos (com exceção de Coutinho e Vital do Rêgo, que caminham juntos).

Com o aceno, o ex-presidente mostra, entretanto, que num aspecto geral, todos pertencem ao mesmo projeto político-ideológico e poderiam convergir em torno de um mesmo “barco”: o das eleições nacionais. Em outubro, o eleitorado paraibano dirá se conseguiu compreender a filosofia pregada pelo petista.

Ouça o áudio a seguir

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *