Telegram cumpre decisões e Alexandre de Moraes revoga bloqueio ao aplicativo

Telegram foi bloqueado no Brasil por determinação judicial / Foto: reprodução

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, revogou suspensão do Telegram, neste domingo (20), após a plataforma ter cumprido todas determinações da Justiça, de acordo com a decisão publicada neste domingo (20).

“Como se vê, o Telegram complementou, integralmente, o cumprimento das medidas determinadas no prazo estabelecido de 24 (vinte e quatro) horas, tendo sido intimado na data de ontem, 19/3/2022, às 16h44min e informado o cumprimento de todas as medidas determinadas no dia de hoje, 20/3/2022, às 14h45min”, afirmou.

Na quinta-feira (18), Moraes havia determinado que o aplicativo fosse suspenso integralmente no Brasil por descumprimento de decisões anteriores. A determinação havia sido criticada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), mas também por juristas e jornalistas, que alegaram censura.

No sábado (19), Moraes deu um prazo de 24 horas para que o Telegram indicasse um representante oficial no Brasil, informasse providências para combate à desinformação e cumprisse integralmente decisões que determinaram retirada de conteúdo ou bloqueio de canal, o que foi obedecido.

O correspondente internacional Jorge Pontual, da Globo News, chegou a protestar contra a decisão, chamando de ‘censura’ a suspensão generalizada do aplicativo.

Assista a seguir:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *