PT da Paraíba dialoga com a vice-governadora Lígia Feliciano sobre aliança para 2022

O presidente do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT), Jackson Macedo, revelou nesta terça-feira (16), que a legenda dialoga quase que semanalmente com a vice-governadora Lígia Feliciano sobre a construção de uma aliança para as eleições de 2022 nos âmbitos local e nacional.

Segundo ele, é correta a estratégia do partido em buscar um arco de alianças para o próximo ano, tendo como pano de fundo a disputa pela Presidência da República. Um dos exemplos é tentativa de um entendimento com o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, para uma eventual composição – um histórico adversário do partido.

Jackson Macêdo não descarta, inclusive, um entendimento com o PDT no segundo turno das eleições do próximo ano, apesar das dificuldades conhecidas com o presidenciável Ciro Gomes. Nesse sentido, o PT busca o diálogo com nomes pedetistas que têm afinidades com o projeto petista, a exemplo de Lígia Feliciano.

“O que tenho dito é que Ciro Gomes não é o PDT. O PDT tem um projeto nacional, é um partido importante para o país. Ciro Gomes é um descontrolado. A gente sabe que no segundo turno, caso ocorra segundo turno, ele não vai ficar no Brasil. Ele vai viajar de novamente, mas é importante ter o PDT conosco”, disse Jackson.

Macêdo acrescentou: “É por isso que estamos dialogado muito na Paraíba, quase que semanalmente com a vice-governadora Lígia Feliciano, pois acho importante ela fazer parte desse projeto nacional de aproximação”, finalizou. A direção nacional do PDT disse, recentemente, que deseja ter Lígia Feliciano na disputa ao Governo da Paraíba em 2022.

A entrevista de Jackson Macêdo ao autor do blog repercutiu na Rádio Arapuan FM.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *