Pastor José Carlos de Lima tem melhora, recebe alta da UTI e segue em observação

Líder da Assembleia de Deus na Paraíba foi levado ao hospital após sentir dores na região do tórax / Foto: reprodução do Instagram

O pastor presidente da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus da Paraíba (COMADEP), José Carlos de Lima, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital onde se encontra internado, em João Pessoa, no início da noite desta quarta-feira (08). Ele seguirá em observação médica pelos próximos dias.

De acordo com nota divulgada pelo templo central da Assembleia de Deus (ADPB), o líder evangélico “evoluiu bem, com melhora do quadro clínico nas últimas 24 horas, e permaneceu estável durante todo o dia, sem relato de dor ou outras queixas”.

Segundo o documento, o pastor recebeu visitas de sua família e de componentes do corpo médico da Igreja, que em reunião com médicos do hospital, avaliaram os exames realizados no paciente e deliberaram pela alta da UTI. “Nosso pastor seguiu para outro andar do Hospital onde permanecerá por mais alguns dias para finalizar o período proposto de internação”, diz a nota.

O pastor José Carlos de Lima deu entrada no Hospital da Unimed, na última segunda-feira (06), com dor toráxica. Após avaliação médica, foi submetido a procedimento de cateterismo em caráter de urgência, quando verificou-se comprometimento de porção importante de Artéria Coronária Direita. Com isso, também foi submetido a uma Angioplastia.

“Mais uma vez, após o relato de que a Igreja estava em um só propósito de oração pela sua recuperação completa, o pastor agradeceu a cada um pela orações e intercessões realizadas em seu favor e relatou que já está esperando o dia em que estará junto à Igreja adorando e exaltando ao nome de Deus”, diz o último boletim publicado nas redes sociais.

Além de líder da igreja na Paraíba, José Carlos de Lima também é 2º vice-presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *