No Dia da Mulher, Podemos aceita desfiliação de Arthur do Val

A direção nacional do Podemos informou, nesta terça-feira (08), Dia Internacional da Mulher, que aceitou a desfiliação do deputado estadual por São Paulo, Arthur do Val, alvo de investigação por causa do vazamento de áudios de cunho sexistas. A legenda havia iniciado a abertura de um processo disciplinar que poderia resultar na expulsão do parlamentar.

Arthur do Val estava filiado há cerca de 30 dias e era pré-candidato ao Governo do Estado, mas recuou da postulação após o vazamento de áudios enviados a um grupo privado no Whatsapp em que ele se refere às mulheres refugiadas ucranianas como “fáceis porque são pobres”. Ele também é alvo de pedidos de cassação da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP).

O deputado, conhecido como ‘Mamãe Falei’, havia viajado a Ucrânia para fazer uma ‘ação humanitária’. Em relação a uma fila de refugiadas do conflito, Arthur do Val afirmou só ter “deusa”. “É sem noção, cara, é inacreditável, é um bagulho fora de série. Se você pegar a fila da melhor balada do Brasil, na melhor época do ano, não chega aos pés da fila de refugiados aqui. Eu tô mal, to triste porque é inacreditável”.

“No dia da mulher (08 de março), Podemos recebe e acata desfiliação do deputado estadual Arthur do Val (SP), diante da abertura do processo disciplinar que poderia resultar em expulsão do parlamentar. Ele estava filiado ao partido há cerca de 30 dias”, informou o partido por meio de nota.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *