Morador de rua agredido por personal revela apoio a Bolsonaro

O morador de rua que foi flagrado tendo relações sexuais com a esposa de um personal trainer em Planaltina, Distrito Federal, disse nesta quinta-feira (24), que apoia Jair Bolsonaro (PL) e que votará no no atual presidente nas eleições de outubro.

Givaldo Alves, de 48 anos, falou pela primeira vez sobre o assunto nessa quarta-feira (23), em entrevista ao Metrópoles. Na ocasião, ele fez agradecimentos ao Governo Federal, que prestou assistência a ele após a repercussão do caso.

“Quero agradecer demais, demais mesmo, o serviço humanitário social, nosso presidente que eu votei. Votei porque o senhor tomou aquela facada. Eu estava em um bar e ponderei: se esse cara não arrumar o Brasil… Eu já vinha votando naquele partido há muito tempo. É a minha verdade. Votei com muito orgulho e, enfim, votarei outra vez”, disse.

O caso que repercutiu em todo o país ocorreu no dia 9 de março. O sem-teto , contou ao portal Metrópoles que a relação foi consensual, ao contrário do que pensou o marido da mulher ao flagrá-los juntos dentro de um carro.

Assista ao vídeo a seguir

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *