Julian Lemos afirma que Sérgio Moro tem seu ‘apoio e entusiasmo’ e ‘pode unir país’ em 2022; Ouça

A provável candidatura do ex-juiz Sérgio Moro ao Palácio do Planalto em 2022 pode representar o fim da polarização entre o ex-presidente Lula (PT) e o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sendo uma alternativa ao eleitor que não se vê representado por nenhum dos extremos da política nacional.

Essa é a avaliação do deputado federal Julian Lemos (PSL), que na tarde desta segunda-feira (01) expressou ‘apoio e entusiasmo’ ao nome do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, que deve se filiar ao Podemos no próximo dia 10.

“Vejo isso de forma muito positiva, até para enriquecer o debate, para que tenhamos outras opções. Sérgio Moro tem posicionamentos definidos, por suas práticas, por seus discursos, por não ter se submetido a práticas não republicanas, como interferências na Polícia Federal”, avaliou o parlamentar.

Segundo Julian Lemos, Sérgio Moro pode ser um nome do centro-direita na disputa pela Presidência da República.

“Ele vai se diferenciar do discurso de ódio, pois vai vir com palavra calma, tranquila e de união, e não de revanchismo, que são opções postas à mesa. Então para mim é uma esperança de ter na Presidência alguém que possa conduzir o Brasil à calmaria”, avaliou.

Filiação ao Podemos

A direção nacional do Podemos lançou convite oficial para o evento de filiação do ex-juiz Sergio Moro ao partido, marcado para o próximo dia 10, em Brasília.  O evento deve acontecer no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Na arte, que o blog teve acesso, Moro aparece diante de uma bandeira do Brasil, ao lado da frase “Juntos, podemos construir um Brasil justo para todos”. Na semana passada, o blog havia adiantado que, no dia 01 de novembro, o partido iria se pronunciar oficialmente sobre o tema.

“Tem meu entusiasmo, tem meu apoio e conto que isso venha se concretizar de fato”, reforçou Julian Lemos.

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *