Jorge Pontual na Globo News: bloqueio ao Telegram é censura; VÍDEO

Comentarista da Globo News classificou decisão para suspender Telegram no Brasil como ‘absurda’ / Foto: reprodução da Globo News

O jornalista Jorge Pontual, correspondente internacional e comentarista da Globo News em Nova Iorque, classificou como ‘censura’ a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou bloqueio do aplicativo Telegram em todo o Brasil.

Na avaliação de Pontual, durante o programa ‘Em Pauta’, não cabe a qualquer autoridade decidir o que é uma notícia falsa ou verdadeira. “Eu vivo num país livre, onde há plena liberdade de informação e a Constituição proíbe que medidas como essas possam ser tomadas”, disse ao comparar os Estados Unidos com o Brasil.

Pontual revelou que começou a utilizar o aplicativo para fazer a cobertura da guerra na Ucrânia e receber diariamente informações compartilhadas pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. “É impossível cobrir a guerra sem o Telegram”, disse.

O comentarista ainda criticou colegas que defendem medidas extremas, como a censura que afetam milhões de pessoas. “É um absurdo o que aconteceu. Infelizmente, nossos colegas no Brasil não vão mais poder cobrir a guerra como deveriam, pois não terão mais acesso à informação. É uma censura. Fico surpreso em ver jornalistas defendendo censura”, concluiu.

Assista ao vídeo a seguir

A decisão

O ministro Alexandre de Moraes, determinou o bloqueio do aplicativo de mensagens Telegram em todo o Brasil. A decisão foi assinada na quinta-feira (17) e divulgada nesta sexta-feira (18).  A decisão foi motivada porque o aplicativo teria descumprido pontos de uma decisão anterior.

Já neste sábado (19), em nova decisão, Moraes determinou que Telegram cumpra, em até 24 horas, uma lista de determinações emitidas pelo STF e ainda pendentes. De acordo com ele, cumprimento dessas medidas é pré-requisito para que o aplicativo continue liberado no país.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *