PT critica EUA por ‘política de agressão’ à Rússia e depois apaga publicação

Quando achamos que a bússola moral da política brasileira não pode piorar, ela sempre dá um jeito de mostrar que estamos errados. Em meio à invasão russa contra a Ucrânia, a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) no Senado publicou uma nota, nesta quinta-feira (24), em que condena os Estados Unidos e a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) pelo que chamou de ‘agressão à Rússia’.

A nota, publicada no Twitter, foi apagada logo em seguida, após a repercussão que causou nas redes sociais. “O PT no Senado condena a política de longo prazo dos EUA de agressão à Rússia e de contínua expansão da Otan em direção às fronteiras russas”, dizia a nota.

“Essa política imperialista produziu o quadro geopolítico que explica o atual conflito na Ucrânia”, justificou o PT. “Tal conflito, frise-se, é basicamente um conflito entre os EUA e a Rússia. Os EUA não aceitam uma Rússia forte e uma China que tende a superá-los economicamente”, acrescentou a legenda.

Ao falar da ação da Rússia na Ucrânia, o partido lamentou e “condenou” a aposta temerária na guerra, em tom ameno. “A aposta recente da Rússia na guerra, ainda que parcial e com objetivos meramente militares, também agride o Direito Internacional Público e o sistema de segurança coletiva cristalizado na ONU”, informou o partido.

No fim da manhã, a direção nacional do PT publicou outra nota em que disse que “a resolução de conflitos de interesses na política internacional deve ser buscada sempre por meio do diálogo e não da força, seja militar, econômica ou de qualquer outra forma”.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *