Força-tarefa: Bolsonaro, Queiroga, Roma e Marinho sobrevoam áreas afetadas por enchentes na Bahia; VÍDEOS

Marcelo Queiroga, Rogério Marinho, João Roma e Jair Bolsonaro sobrevoam áreas afetadas na Bahia

O ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, participou neste domingo (12), de um sobrevoo de helicóptero com o presidente Jair Bolsonaro (PL) para verificar a situação de diversos municípios da Bahia atingidos pelas fortes chuvas que têm ocorrido desde o final de novembro e que tem alcançado, também, cidades do norte do estado de Minas Gerais.

Milhares de pessoas tiveram que sair de suas casas e estão necessitando de alimentação, roupas e de uma série de cuidados de assistência. O Governo Federal informou que uma força-tarefa interministerial segue promovendo ações para mitigar os impactos causados pelas enchentes.

Também participaram do sobrevoo na Bahia, os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o da Cidadania, João Roma.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) reconheceu a situação de emergência de 31 municípios de Minas Gerais e de 17 da Bahia, em decorrência de tempestades e chuvas intensas que acometeram as regiões e, diante disso, o Governo Federal autorizou o emprego de tropas do Exército Brasileiro no resgate e realocação de pessoas desabrigadas pelas enchentes e inundações.

O MDR articula, com os órgãos do Sistema Federal de Proteção e Defesa Civil, o desenvolvimento de atividades conjuntas visando o atendimento imediato à população afetada e o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD/SEDEC) opera em alerta máximo – vermelho.

Equipes da Defesa Civil Nacional estão na Bahia desde o dia 29, ajudando a elaborar os pedidos de recursos com mais agilidade. O MDR já liberou R$ 5,8 milhões para os seguintes municípios afetados: Eunápolis, Itamaraju, Jucuruçu, Ibicuí, Ruy Barbosa, Maragogipe e Itaberaba. As respectivas Portarias serão publicadas no Diário Oficial da União (D.O.U) da próxima segunda-feira (13/12).

Técnicos estão percorrendo os municípios atingidos para apoiar as prefeituras na elaboração dos planos de trabalho de recursos e a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) coordena as intervenções de outros órgãos do Governo Federal, envolvidos nesta força-tarefa.

Já o Ministério da Saúde informou que a pasta está trabalhando na emissão de alertas, na articulação de ações conjuntas com a equipe da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (SUDEC) e da Saúde, no deslocamento da Força Nacional do SUS para região, a fim de prestar apoio aos municípios afetados e no envio de medicamentos para as áreas afetadas.

VÍDEOS:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *