Fátima Bezerra e o riso em meio à saudade

Numa mistura de saudade, luto e riso, a família do senador José Maranhão relembrou, nesta terça-feira (08), um ano da morte do político paraibano. Ele faleceu aos 87 anos, no Hospital Villa Star, em São Paulo, em fevereiro do ano passado, vítima das complicações da Covid-19.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, a desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, viúva do parlamentar, escolheu versos da música ‘Sorri’, de Djavan, para traduzir os sentimentos que carrega no coração após um ano de luto.

Fátima Bezerra disse que aprendeu com José Maranhão, a quem ainda chama de ‘meu amor’, a vencer os embates da vida, ultrapassar as dores e obstáculos com muita fé, coragem, determinação e até mesmo alegria. “Sorri, Quando a dor te torturar, E a saudade atormentar, Os teus dias tristonhos, vazios”, citou.

Fátima Bezerra acrescentou que, um ano após a morte do senador, a saudade só aumentou. “Nossos dias nunca mais serão iguais. Acreditem, hoje quando amanheci, às 4 horas da madrugada, rezando por ele, passou um astro no céu da minha existência, e eu senti uma dor quase que física na alma”, disse.

A morte

José Maranhão sentiu-se mal no dia 29 de novembro de 2020, durante o segundo turno do pleito municipal, quando apresentou sintomas leves, como tosse persistente e estado febril. Na ocasião, ficou internado no Hospital Alberto Urquiza Wanderley (Unimed), em João Pessoa, de forma preventiva.

Dias depois, foi intubado e levado para o Hospital Villa Nova Star, em São Paulo, onde ficou internado até a noite de sua morte. O parlamentar chegou a ser extubado pelos médicos, mas devido à fragilidade de seu estado de saúde, precisou novamente da ventilação mecânica.

Uma missa foi realizada em homenagem ao político, no último domingo (06), em João Pessoa. O ato religioso contou com as presenças de familiares, amigos e eleitores do político que marcou a história da Paraíba e ficou conhecido como “Mestre de obras”. Uma sessão em homenagem ao ex-governador, que havia sido marcada para esta terça-feira (08), foi adiada, por causa dos novos casos de Covid-19.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *