Emocionada, Fernanda Albuquerque se posiciona contra aborto: ‘não tenho como apoiar’; VÍDEO

Pré-candidata a deputada federal, a apresentadora Fernanda Albuquerque se emocionou, nesta terça-feira (14), ao se posicionar contra o aborto, em entrevista à Rádio Arapuan FM. Ela comparou a interrupção da gravidez a um assassinato e falou sobre as dificuldades que enfrentou no processo de gravidez.

Filiada ao União Brasil, Albuquerque deixou a apresentação do programa que apresentava na TV Tambaú para ingressar na pré-campanha. A ficha dela foi abonada pelo presidente nacional da sigla, Luciano Bivar, no início de abril. Na política, diz que não gosta de se definir como ‘conservadora’ ou ‘progressista’, e defende a emancipação da mulher no debate eleitoral.

Ao se posicionar contra o aborto, Albuquerque alegou que há diversas formas de se evitar uma gravidez indesejada, o que não justifica a interrupção da gestação. Ela se emocionou ao dizer que, para engravidar, precisou ser submeter a um procedimento cirúrgico para tratar uma endometriose, doença inflamatória provocada por células do endométrio, no útero.

“O SUS oferece contraceptivos, tem DIU, tem anel, tem implante, tem comprimidos, injeção, tem pílula do dia seguinte. Você teve uma relação desprotegida, foi o calor da emoção, vá numa farmácia, mas não tire uma vida. Teve uma pessoa que chorou para engravidar, que foi eu”, disse.

Assista ao vídeo

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *