Em mensagem de fim de ano, Lula diz que ‘é preciso retomar o país’ em 2022

Em mensagem de fim de ano divulgada nas redes sociais, o candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse que ‘é preciso retomar o país’ em 2022. Em tom de pré-campanha, o petista divulgou um compilado de seus discursos em 2021 e num dos trechos afirma que este foi ‘ano da ressurreição do PT’.

No vídeo de quase 8 minutos, o ex-presidente defende a vacinação contra a Covid-19 e fala em ‘reconstruir o país’. Ele cita problemas nas áreas da saúde e da educação e afirma que ‘a tentativa de destruir o PT e a esquerda no Brasil não deu certo’.

O ex-presidente não citou escândalos de corrupção em seu governo, mas centrou críticas à inflação e à crise econômica causada pela pandemia da Covid-19. “Não podemos se contentar com o que está acontecendo com o Brasil”, disse.

Em 2021, Lula teve suas condenações anuladas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e está com o caminho livre para disputar novamente as eleições no ano que vem. Esta semana, a Petrobrás divulgou um balanço em que aponta a recuperação de R$ 6 bilhões frutos da corrupção e que foram reintegrados após acordos no âmbito da Operação Lava-Jato.

Ainda no vídeo, Lula critica ‘o nazismo e o fascismo’. O ex-presidente apoia regimes como o da Venezuela, de Nicolás Maduro, e o de Cuba, onde não há democracia nem oposição à ditadura socialista. Em ambos os países, há denúncias internacionais por violações básicas aos Direitos Humanos.

ASSISTA AO VÍDEO A SEGUIR:

 

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *