Em culto de 111 anos da Assembleia de Deus, Bolsonaro faz defesa de liberdade de culto; VÍDEO

Bolsonaro participa do Culto Cívico em Celebração dos 111 Anos da Assembleia de Deus no Brasil. / Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou, na noite desta sexta-feira (17), de culto cívico em celebração dos 111 anos da Assembleia de Deus no Brasil, em Belém (PA), cidade onde esta denominação da igreja evangélica foi fundada.

Durante o evento, o Presidente Jair Bolsonaro citou as medidas para atender aos mais vulneráveis que sofreram perdas econômicas em razão da Covid-19, como o Auxílio Emergencial, além dos recursos enviados para os estados e municípios para o combate à possível perda de arrecadação em virtude da doença.

Em discurso, Bolsonaro disse que “não é fácil” ser presidente, mas é “missão do Criador”. “Deus salvou minha vida em 2018 e depois me deu uma eleição. Não é fácil ser presidente da República, mas entendo ser essa uma missão do Criador”, afirmou.

O presidente disse, ainda, ser contra ‘o aborto, a ideologia de gênero e a liberação das drogas’, e a favor ‘da inocência das crianças nas escolas’ e da liberdade de culto.

A denominação pentecostal da Assembleia de Deus no Brasil foi fundada no dia 18 de junho de 1911, em Belém do Pará. Este ano, as comemorações tiveram início no dia 5 de junho e seguem até a terça-feira, dia 21, com cultos, a inauguração de uma nova sede da Convenção da Assembleia de Deus no Brasil, além de um casamento comunitário.

Neste sábado (18/06), ocorre a grande celebração dos 111 anos da Assembleia de Deus no Brasil, festividade que será aberta ao público após dois anos de pandemia.

Mais cedo, o Presidente Jair Bolsonaro participou da Escola de Sabedoria 2022, também na capital paraense. Em seu segundo dia de programação, o evento, que segue até o sábado (18), é considerado o maior de educação cristã do Brasil.

Assista ao vídeo a seguir

Agenda Política com informações do Palácio do Planalto

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *