Convenções partidárias: siglas preparam ‘megaeventos’ que vão dar o ‘play’ na campanha eleitoral

Com a proximidade do período para a realização das convenções partidárias, de 20 de julho a 5 de agosto, os partidos que vão lançar candidatos no pleito de outubro já se preparam para a realização dos eventos que dão o pontapé inicial para a campanha eleitoral. Na Paraíba, as principais chapas que vão concorrer ao Governo do Estado devem anunciar nos próximos dias os detalhes dos maiores eventos políticos.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), poderá participar das eleições a sigla que até seis meses antes da data do pleito tenha registrado seu estatuto na Corte Eleitoral e tenha, até a data da convenção, órgão de direção definitivo ou provisório constituído na circunscrição, devidamente anotado no tribunal eleitoral competente, de acordo com o respectivo estatuto partidário.

Chapas preparam eventos

A corrida governamental no Estado da Paraíba, conta, até o momento, com 07 (sete) pré-candidaturas: João Azevêdo (PSB), Pedro Cunha Lima (PSDB), Veneziano Vital do Rêgo (MDB), Nilvan Ferreira (PL), Adjany Simplício (PSTU), Antônio Nascimento (PSTU) e Major Fábio (PRTB).

A primeira sigla a realizar a convenção será o PSOL, que tem como pré-candidata ao Governo do Estado a pedagoga Adjany Simplício. O escolhido, 20 de julho, primeiro dia do período estipulado pelo TSE. O local ainda será divulgado, mas o partido já definiu que a convenção será no formato presencial.

O PSB, de João Azevêdo, escolheu o dia 05 de agosto para a realização do evento. Segundo informações de bastidores, a data escolhida tem valor simbólico, por coincidir com o aniversário da Capital, João Pessoa, e do prefeito Cícero Lucena (PP), aliado do chefe do Poder Executivo. Caravanas são aguardadas de todas as regiões do estado. O evento será no Forrock, em Cabedelo.

Questionados, representantes dos partidos PL, PSDB e MDB afirmaram que ainda estão definindo os detalhes dos seus respectivos eventos. A expectativa é que esses o façam nos últimos dias estipulados pelo calendário eleitoral.

É aguardada uma grande mobilização de eleitores, simpatizantes e pré-candidatos na maioria das convenções. Com tom político, os eventos devem contar com jingles, banners e características da campanha eleitoral que está prestes a começar. Uma espécie de aperitivo. Com demonstração de força.

Formato das convenções

As convenções poderão acontecer de forma presencial, virtual ou híbrida, segundo o TSE, podendo o registro da ata do evento na Justiça Eleitoral (JE) ser feito diretamente no módulo externo do Sistema de Candidaturas (CandEx) ou, ainda, em livro de ata tradicional, que deverá ser rubricado pela Justiça Eleitoral.

Também está apta a participar dos pleitos eleitorais a federação de partidos que até seis meses antes da data da votação tenha registrado o respectivo estatuto no TSE e conte, em sua composição, com ao menos uma agremiação que tenha, até a data da convenção, órgão de direção definitivo ou provisória legalmente constituído.

As assinaturas da ata poderão ser colhidas manualmente nas convenções presenciais e, no caso de convenções realizadas virtualmente ou em modo híbrido, por meio de assinaturas eletrônicas ou registro de áudio e vídeo.

Candidatos

Os números que identificarão candidatas e candidatos durante a campanha eleitoral e na urna eletrônica devem ser definidos na convenção partidária, por meio de sorteio. As exceções são aqueles postulantes que já utilizaram determinada identificação numérica em eleição anterior.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *