Convenção: Nilvan, Bruno e Cabo Gilberto participam de lançamento de Bolsonaro à reeleição no Rio

Evento ocorre no Rio de Janeiro / Foto: reprodução

A cúpula do Partido Liberal (PL) na Paraíba participou, neste domingo (24), do lançamento oficial da candidatura do presidente Jair Bolsonaro (RJ) à reeleição para Presidência da República. A convenção ocorreu no Maracanãzinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, em um megaevento para cerca de 10 mil pessoas.

Estiveram presentes o pré-candidato ao Governo da Paraíba, o apresentador Nilvan Ferreira (PL), o pré-candidato ao Senado, Bruno Roberto (PL), o suplente Tércio Arnaud e o deputado estadual Cabo Gilberto (PL), pré-candidato à Câmara Federal. Eles estiveram no palco principal, perto de onde o presidente discursou.

O general Braga Netto foi confirmado como candidato a vice presidente na chapa de Bolsonaro. Em 2018, o presidente foi eleito, no segundo turno, com quase 57,8 milhões de votos (55,13% do total).

Os portões do local foram abertos pouco depois das 8h, e de acordo com vídeos nas redes sociais, rapidamente apoiadores começaram a entrar, sem a cobrança de ingresso. As entradas para a convenção, inicialmente, ocorreram através de um cadastro gratuito, mas segundo os organizadores, houve uma “tentativa de sabotagem” à convenção.

Na Paraíba, a convenção estadual do partido está prevista para ocorrer no dia 05 de agosto, em Campina Grande.

VEJA FOTOS

Discurso

Antes de discursar, o presidente citou uma passagem bíblica que menciona o papel da mulher na vida do homem, “Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis, chamando a primeira-dama Michelle Bolsonaro a falar. Ela foi ovacionada pelo público ao destacar pautas do Governo Federal para mulheres e minorias.

Ao falar, Bolsonaro citou ações do governo, como o corte de impostos federais sobre combustíveis e a fixação de um limite do ICMS, ações na pandemia, como o Auxílio Emergencial e a conclusão de obras inacabadas em governos passados, como a transposição do Rio São Francisco.

O presidente também mencionou a implantação da tecnologia 5G e a reativação do modal ferroviário no país, com a ferrovia norte-sul, que deve ser inaugurada em 3 meses. O presidente também atacou governos passados por escândalos de corrupção e convidou o ex-presidente Lula para o debate nas eleições deste ano.

Ao se dirigir aos jovens, Bolsonaro pediu que fizessem uma comparação do Brasil com países como Cuba, Venezuela e Coréia do Norte e disse que, mesmo tendo críticas a fazer ao trabalho da imprensa, não quer o controle da mídia nem das redes sociais.

“Esse mesmo cara que quer legalizar o aborto no Brasil, quer legalizar as drogas no Brasil, será que esse cara sabe quanto sofre uma mãe quando um filho se entrega às drogas. Será que sabe o sofrimento dessa mãe? Esse mesmo cara, que em decreto de 2019, além de querer a desconstrução da heteronormatividade, criou o que chama de ideologia de gênero, emboscar os nossos filhos e netos a partir dos 5 anos para estimular ao sexo. Isso não é papel de alguém que quer o bem de seu povo. Não teria adjetivo para qualificá-lo nesse momento, quem sabe em um debate”, reforçou.

Assista ao vídeo a seguir

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *