Com filiação ao PL, Bolsonaro quer focar em candidaturas ao Senado e à Câmara

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta segunda-feira (08), que sua filiação ao Partido Liberal (PL), além de acomodar seu projeto político para a reeleição em 2022, tem como foco turbinar candidaturas de aliados ao Senado e à Câmara Federal.

Em entrevista à CNN Brasil, o presidente revelou que está ‘99% fechado’ com o partido e que ‘a chance de dar errado é quase zero’. O acordo para a filiação também passaria por um entendimento com o Progressistas, que também estaria almejando receber o chefe do Executivo.

Segundo o presidente, ‘a batida do martelo’ vai ocorrer após uma reunião na próxima quarta-feira (10) com representantes do PL. “Na quarta-feira, terei a última conversa com a sigla. Irei conversar com o Valdemar para, em seguida, marcar a data do casamento”, ressaltou.

O objetivo de Bolsonaro, além de se reeleger no ano que vem, é conseguir formar uma base partidária confortável que lhe garanta a aprovação de projetos na Câmara e no Senado. Na semana passada, ele chegou a dizer que, após sua filiação, conseguirá formar a maior bancada do Congresso Nacional, com uma coalização dos partidos PL e PP.

Caso se concretize a filiação de Bolsonaro ao PL, na Paraíba o maior beneficiado dessa chegada será o deputado Wellington Roberto, presidente estadual do partido, e seu filho, Bruno Roberto, pré-candidato ao Senado no pleito do próximo ano.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *