Bruno responde crítica de Azevêdo sobre ausência de ‘parceria’ no Parque do Bodocongó: ‘nunca foi entregue’

O prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) respondeu, nesta quinta-feira (12), às críticas do governador do Estado, João Azevêdo (PSB), que em discurso ontem afirmou que a Prefeitura de Campina Grande não quis administrar o Parque do Bodocongó construído pelo Governo do Estado em razão de ‘questões políticas, pequenas’.

A declaração de Azevêdo ocorreu durante a inauguração do Parque Linear Parahyba III, no bairro do Bessa, na Capital, ocasião em que exaltou parcerias administravas para a construção de praças e outros equipamentos públicos e ‘alfinetou’ a gestão campinense.

Ao blog Agenda Política, Bruno afirmou que, no caso de Campina Grande, o Parque do Bodocongó ‘nunca foi entregue’. “Em minha audiência com ele, em julho do ano passado, fiz o pedido pessoalmente para receber o parque, que nunca funcionou e agora foi anunciada a reforma”, disse o prefeito.

Discurso de João Azevêdo

As críticas de João Azevêdo ocorreram durante a entrega do Parque Linear Parahyba III, no bairro do Bessa, que contou com investimentos de R$ 4,3 milhões na terceira etapa, segundo a gestão estadual. Na ocasião, ele também criticou a gestão do ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, que segundo ele “se negou a receber a obra para fazer a manutenção do equipamento”. Procurado, Luciano Cartaxo não comentou.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *