Bolsonaro lamenta morte de Marília Mendonça: ‘voz única e carisma que conquistou admiração’

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou, nesta sexta-feira (05), a morte da cantora sertaneja Marília Mendonça, vítima de acidente aéreo em Minas Gerais. “O sentimento é de que perdemos alguém muito próximo, já que Marília sempre esteve presente em nossas vidas através de suas canções”, disse.

Por meio das redes sociais, Bolsonaro citou o talento da artista e solidarizou-se com familiares dela e das demais vítimas da tragédia.

“O país inteiro recebe em choque a notícia do passamento da jovem cantora sertaneja Marília Mendonça, uma das maiores artistas de sua geração, que com sua voz única, seu carisma e sua música conquistou o carinho e a admiração de todos nós”, escreveu o presidente nas redes sociais.

Marília Mendonça, de 26 anos, e mais quatro pessoas morreram na tarde desta sexta-feira (5) em uma queda de avião de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

“Neste momento de profunda dor e tristeza peço a Deus que console o coração de seus fãs e, em especial, de seus amigos e familiares, bem como das demais vítimas do acidente. Que a dor da saudade dê lugar à certeza de que a morte não é o fim. E que Deus conforte a todos”, finalizou Bolsonaro.

Confira:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *