A selfie de Bruno com Romero e a menção a Dom Hélder Câmara em evento do PSD em Brasília

Convidado pelo presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, para a cerimônia de filiação do senador Rodrigo Pacheco ao partido, em Brasília, o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, discursou no evento em nome dos prefeitos da região Nordeste, nesta quarta-feira (27).

Em sua fala, o gestor defendeu a construção ‘de alternativas para os brasileiros’ e opinou que a filiação de Rodrigo Pacheco ao PSD é um ato ‘simbólico e conceitual’ no atual contexto da política brasileira.  Ele também citou uma frase do pacifista pernambucano Dom Hélder Câmara e pediu respeito à democracia.

“A consciência crítica sabe que meter-se em política é ocupar-se das causas do povo. Não tem medo de comprometer-se, pois considera o risco da luta mais vantajoso do que a escravidão do pacifismo”, destacou.

Em tom de ponderação, Bruno citou a importância da juventude para a construção da política e fez uma menção à senadora Daniella Ribeiro (PP), que prestigiou a cerimônia pela amizade que têm com lideranças da legenda.

Nos bastidores, outro fator que chamou a atenção foi a demonstração de civilidade de Bruno com o ex-prefeito Romero Rodrigues, que ontem admitiu pela primeira vez a possibilidade de recuar da disputa vindoura pelo Governo da Paraíba para uma eventual composição. Eles registraram uma selfie no evento partidário.

Em meio a essas conjecturas, Bruno finalizou seu discurso, na Capital Federal, enfatizando a opção pela ‘bandeira do respeito à democracia e às pessoas’, sinalizando que o interesse público deva estar acima das eventuais divergências e polarizações.

Pelos sinais deixados em Brasília, talvez esse seja o mesmo tom a ser adotado por Cunha Lima numa eventual decisão de Romero Rodrigues que divirja do seu entendimento político. Sinais de respeito e pacificação, como discursava Dom Hélder Câmara, sem abrir mão dos ideias políticos.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

2 Responses

  1. Rejane M F. P. disse:

    É uma pena que Romero e Bruno C Lima saiam do apoio à Bolsonaro!!!!.Estava muito feliz em apoiar vocês. Mas como vocês já estão apoiando Rodrigo PAcheco e de andando pra esquerda( joao/ lula) é lamentável.!!!!

  2. Rejane M F. P. disse:

    Romero e Bruna, vocês não imaginam o qto o povo de Campina e da Paraiba estava feliz? Com o lado ideológico que vocês estavam apoiando.o lado da verdade e dos bons principios.De repente vocês tão indo pro lado do adversário!!! Muito triste.Até J .Pessoa ( uma boa parte , estava apoiando).Não esquecemos o que a esquerda fez nessa pandemia e que roubaram muito e estão se conduzindo de forma ditatorial.O Brasil e a Paraiba não engole essa esquerda que destruiu o Brasil nesses 16 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *