Vinda de Lula à Paraíba para reuniões políticas fica para 2022, diz Gleisi Hoffmann

A viagem que o ex-presidente Lula teria de fazer ao Estado da Paraíba este ano, como previa a direção estadual do partido e como gostariam alguns aliados do ex-presidente para discutir as eleições do próximo ano, só acontecerá em 2022, como já havia adiantado o autor do blog em publicações anteriores.

Nesta terça-feira (23), em contato com o blog Agenda Política, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, voltou a dizer que não há previsão na agenda do ex-presidente para uma viagem ao Estado ainda em 2021. “Somente no ano que vem é que veremos isso”, garantiu a deputada federal.

No périplo que fez pela região Nordeste no mês de agosto, o ex-presidente não teve programação em três estados: Paraíba, Alagoas e Sergipe, o que aumentou a expectativa de políticos e de parte da imprensa para que a agenda do ex-presidente pudesse ocorrer ‘em poucas semanas’, o que não se concretizou.

Em território paraibano, especialmente, Lula tem aliados em lados opostos da disputa eleitoral de 2022, o que teria, em tese, dificultado a agenda do petista em âmbito local.

Na Paraíba, Lula tem proximidade com o ex-governador Ricardo Coutinho – recém filiado ao PT por intermédio do ex-presidente, ao lado das deputas Cida Ramos, Estela Bezerra e do deputado Jeová Campos. Antes, eles participaram de reuniões para dialogarem sobre o processo eleitoral no estado.

Lula também esteve reunido, em um jantar, com o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), vice-presidente do Senado. Já o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), disse que foi convidado pela direção estadual para ingressar na legenda, mas não tomou nenhuma decisão quanto ao possível ingresso no PT.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Rádio Arapuan FM, nesta terça-feira (23), o governador João Azevêdo, adversário de Ricardo Coutinho, disse que Lula é o ‘melhor nome’ entre os postulantes que se colocam na disputa pelo Palácio do Planalto. “Fica cada vez mais consolidado que precisamos de alguém que traga esperança para esse país”, afirmou.

Na teoria e na prática, setores da política local, inegavelmente, aguardam o comando de Lula para tomarem decisões nas eleições do próximo ano.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *