‘Se Queiroga não for o nome de Bolsonaro na Paraíba, o Patriota terá candidatura própria’, diz Virgolino

“Se Queiroga não for o candidato, teremos candidatura própria, que defenda a família, a moralidade pública, o combate à corrupção, e vamos construir uma candidatura para cair para cima, vamos entrar para destruir candidaturas que usam a política para interesses pessoais”.

A frase é do deputado estadual Wallber Virgolino, que nesta segunda-feira (08) anunciou a intenção do Patriota em lançar candidato ao governo do Estado nas eleições de 2022. Segundo ele, o objetivo é lançar um nome do campo conservador para a disputa eleitoral, alinhado ao presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista à Rádio Arapuan, o parlamentar disse que o partido só volta atrás dessa decisão se o presidente optar por um nome de consenso no campo conservador, a exemplo do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Wallber ainda descartou provável apoio do partido a uma candidatura do deputado Pedro Cunha Lima, que pode vir a ser confirmado candidato ao Governo do Estado com a desistência de Romero Rodrigues (PSD) de participar da disputa ao Executivo.

“A nossa intenção é ter candidatura própria ao Governo do Estado, então, se teremos candidato próprio, não há por que a gente alimentar alianças com pessoas que hoje se posicionam diferentemente daquilo que a gente defende”, ressaltou.

Apesar de adiantar a intenção do partido em lançar um nome ao Governo da Paraíba, Wallber não quis adiantar qual seria o nome do partido para disputar o cargo. “Teremos um candidato que defenda as causas patrióticas”, reforçou.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *