PRTB homologa chapa com Major Fábio, Jod e Sérgio e nega aliança com João

O slogan da chapa também foi divulgado: ‘servos da Paraíba’ / Foto: reproduçao

O PRTB realizou no fim da tarde desta quinta-feira (28), na Domus Hall, em João Pessoa, a convenção partidária para homologar a candidatura do Major Fábio ao Governo da Paraíba tendo como vice um odontólogo de Patos, o cirurgião dentista e doutorando em Odontologia Jod Candeia. O slogan da chapa também foi divulgado: “Servos da Paraíba”.

“Vamos construir uma nova política para a Paraíba. Vamos governar para todos os paraibanos. Eu e o Pastor Sérgio temos muita vontade de governar esse Estado com todas as famílias”, disse Fábio, que comentou uma especulação de suposta composição com o governador João Azevêdo, com a indicação de um candidato ao Senado na chapa do PSB: “Estamos vivendo o presente e eu serei o candidato a governador. É esse o momento. Serei candidato ao governo e Sérgio ao Senado. Eu nunca serei abandonado porque eu sempre estarei com Deus. Eu nunca abandonei ninguém. Fui um soldado e nunca fui abandonado e nem abandonei ninguém”, resumiu.

O candidato ao Senado, Sergio Queiroz também negou que haja uma reviravolta por vir na chapa do PRTB: “Não recebi nenhum convite, não tenho convite formal para isso. Nessa época de convenções há especulações de todos os lados. Tivemos a coragem de ser a primeira convenção porque sabemos o que nós queremos e vamos seguir até segunda ordem. Por enquanto, ela não existe. Eventualmente, ela pode ser de algum ajuste e talvez a inviabilidade de algum candidato”, disse Sérgio. Para ele, o governador da Paraíba está num campo político muito diferente do dele: “Nós estamos em campos diferentes e precisaria de ajustes muito grandes para que isso acontecesse. Não acredito que isso aconteça, mas estamos seguindo o calendário da política. Não vendemos nossas ideias e nossos sonhos”, comentou Sérgio.

Ele ainda definiu quais são suas principais defesas caso seja eleito para a Câmara Alta: “Sou novo na política, mas já tenho 30 anos como servidor público, 22 anos como procurador e entendo a necessidade de inovação na gestão pública, com a integração do legislativo e executivo, uma melhor distribuição das emendas impositivas que não devem ser encaminhadas com um objetivo político. Precisamos moralizar o Brasil e a Paraíba”, definiu Sérgio.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *