‘Pré-pré-candidato’ ao Senado Sérgio Queiroz fará comunicado à Cidade Viva esta semana

Tendo o nome estampado nas manchetes da mídia paraibana como provável pré-candidato ao Senado nas eleições de outubro, o pastor Sérgio Queiroz deve fazer um comunicado oficial à Igreja Cidade Viva, esta semana, para explicar o nível do seu envolvimento com a política partidária no contexto das eleições deste ano.

Conforme apuração do blog, Sérgio Queiroz já comunicou ao Ministério da igreja que vai falar diretamente aos membros. “Será uma palavra direta e muito especial ao coração da igreja sobre tudo o que está acontecendo”, informou um dos pastores da instituição.

Sérgio Queiroz deve, também, utilizar as redes sociais para tratar do tema. Ainda não se sabe, porém, o teor da mensagem a ser compartilhada com os membros da denominação.

Recentemente, ele escreveu nas redes sociais que “todo líder religioso que decida ingressar em um pleito deve considerar afastar-se do púlpito e da liderança durante o processo pré-eleitoral e eleitoral”.

Ainda sem partido,  Queiroz disse ao blog que conversou com o presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de participar do pleito. Ele se considera ‘pré-pré-candidato ao Senado’ e avalia entrar na disputa de forma ‘independente’, sem composição em chapa majoritária. Enquanto não toma a decisão, conversa com lideranças religiosas e políticas sobre o processo. Ele também busca um espaço para disputar na base que apoia o presidente na Paraíba.

Além de pastor, Sérgio Queiroz é Procurador da Fazenda Nacional. Ele exerceu funções no Governo Federal, na administração de Bolsonaro, tendo pedido afastamento no ano passado para se dedicar à finalização de um pós-doutorado. Ele havia exercido os cargos de Secretário Nacional de Proteção Global de Direitos Humanos (2019), Secretário Especial de Desenvolvimento Social (2020) e Secretário Especial de Modernização do Estado (2021).

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *