‘O povo saberá reconhecer o trabalho dele’, diz Carla Zambelli sobre Queiroga disputar eleições na PB; VÍDEO

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) disse, em entrevista ao autor do blog, que ‘o povo da Paraíba saberá reconhecer’ o trabalho do ministro da saúde, Marcelo Queiroga, caso ele venha a disputar eventual cargo nas eleições de outubro.

Na avaliação da parlamentar federal, é necessário acompanhar as pesquisas para saber quais são as chances eleitorais do paraibano em cada cargo e ‘aproveitá-lo no melhor lugar possível’, disse. Ela elogiou a postura do médico no tocante à campanha de imunização contra a Covid-19 no país.

“Ele é uma pessoa excelente, uma pessoa batalhadora e um excelente gestor. Ele trouxe excelentes trabalhos relacionados à cardiologia para o Ministério da Saúde e fez um excelente trabalho relacionado à logística da vacinação para quem queria se vacinar”, observou.

Zambelli é defensora da ‘liberdade individual’ no debate da vacinação, o que segundo ela tem sido uma característica de Marcelo Queiroga no combate à pandemia. “O ministro já declarou publicamente que essa escolha é de cada pessoa. Acredito que o povo brasileiro vai saber reconhecer, e as pessoas da Paraíba também”, finalizou.

Apesar da posição do Ministério da Saúde, estados e municípios têm implementado restrições para não vacinados, com a exigência do passaporte da vacinação para a entrada em determinados ambientes e para a utilização de alguns serviços e espaços públicos e privados. O objetivo, segundo eles, é incentivar a imunização em meio ao aparecimento de novas variantes do vírus.

No início da semana, entretanto, Zabelli solicitou a suspensão da vacinação infantil após a notícia sobre o caso de vacinação equivocada contra a Covid-19, em doses para adultos e vencidas, em aproximadamente 50 crianças no município de Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa. Com base em dados do Ministério da Saúde, ela disse que esses não são casos isolados, em entrevista à Rádio Arapuan.

Assista ao vídeo a seguir

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *