MPF analisa se pizzaria de João Pessoa fez propaganda antecipada pró-Lula em publicidade para jovens

A Procuradoria Regional Eleitoral da Paraíba (PRE) instaurou, no mês de abril, uma notícia de fato para apurar se uma pizzaria de João Pessoa fez campanha negativa contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) e a favor de Lula (PT), incluindo distribuição de pizzas de forma gratuita. O objetivo é saber se a empresa paraibana cometeu propaganda extemporânea, que é vedada pela legislação eleitoral.

Com a hashtag ‘fora Bolsonaro’, a ‘Autentica Pizza da Lambreta’ iniciou, no dia 04 de abril,  quando faltava um mês para o fim do prazo para solicitação do título de eleitor, uma campanha para que jovens de 16 a 18 anos tirassem o documento. A empresa também distribuiu pizzas para pessoas dessa faixa etária.

As publicações incluíam uma estrela, que lembra o símbolo do Partido dos Trabalhadores (PT) e do ex-presidente Lula. “Ah, e é sempre bom lembrar: não adianta só tirar o título, tem que votar #forabolsonaro”, disse o perfil da empresa em uma das publicações.

Nas redes sociais, apesar dos apoios, houve clientes que discordaram da iniciativa. “A partir de hoje não sou mais cliente”, escreveu um seguidor da pizzaria. No dia 7 de abril, no entanto, a empresa disse, em outra publicação, que cerca de 40 jovens ganharam pizzas após a campanha feita na internet.

A notícia de fato foi instaurada por determinação da procuradora do Ministério Público Federal (MPF), Acácia Suassuna, mas foi declinada para a Procuradoria Geral Eleitoral (PGE), em Brasília, por citar o nome do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Nesse período, o membro do MP poderá colher informações preliminares imprescindíveis para deliberar se instaura ou não uma investigação aprofundada do caso. O blog não conseguiu falar com os proprietários da pizzaria até a publicação da reportagem. Por telefone, um funcionário informou que não tinha conhecimento do tema. O espaço segue, claro, aberto para a versão da empresa.

Confira as publicações a seguir

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *