MPPB vai investigar declaração de Dra Paula sobre ‘propina’ a deputados

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) confirmou, nesta quarta-feira (09), a instauração de uma notícia de fato para investigar a declaração da deputada estadual Dra Paula Francinete, que em sessão da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nesta terça-feira (08), sugeriu que parlamentares recebem ‘propina’.

A declaração polêmica ocorreu quando deputada discursava enfaticamente em defesa de melhores salários, reajustes e incorporações nos vencimentos dos Policiais Militares e Bombeiros da Paraíba, quando na sequência afirmou que os profissionais tinham que ganhar mais que os deputados.

“Um policial deveria ganhar melhor do que um deputado, porque deputado tem o salário dele e muitos têm outros salários, e muitos ainda recebem propina. Isso é que é vergonhoso”, enfatizou.

O pronunciamento foi criticado pelo presidente da Casa, deputado Adriano Galdino (PSB), que mandou tirar a frase dos registros oficiais. O deputado Ricardo Barbosa (PSB) também criticou a declaração, chamando-a de ‘infeliz’. Por outro lado, o deputado Wallber Virgolino (Patriota) apoiou o protesto da deputada.

Conforme apuração do blog Agenda Política, o procedimento a ser aberto no Ministério Público (MPPB) ficará sob responsabilidade da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa, coordenada pelo promotor Eduardo Torres.

A informação sobre a possibilidade da abertura de uma investigação no âmbito do MPPB havia sido mencionada pelo jornalista Clilson Júnior, durante o programa Arapuan Verdade, no início da tarde desta quarta-feira (09).

Assista ao vídeo a seguir:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *