Moacir acredita que ele, Romero e Bolsonaro vão ‘marchar juntos’ em 2022: ‘não há motivos para mudar’; Ouça

O deputado estadual Moacir Rodrigues (PSL) afirmou nesta terça-feira (16), que pretende continuar na base de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e que não há motivos para mudar de lado. Em entrevista à Rádio Arapuan FM, ele voltou a sinalizar que pretende ingressar no partido que o presidente vier a se filiar.

O parlamentar acrescentou que, antes de decidir seu futuro partidário, aguarda também o posicionamento do ex-prefeito de Campina Grande e seu irmão, Romero Rodrigues quanto ao pleito de 2022, mas disse acreditar que o trio “irá marchar junto” em 2022.

Moacir lembrou que tanto ele quanto Romero votaram em Bolsonaro em 2018 e que não há razão para que ambos mudem de lado. “O presidente vem cumprindo em 95% o que prometeu na campanha. Um país mais justo e honesto. E Romero sempre foi um aliado de Bolsonaro, sempre tratou política como uma coisa séria”, acrescentou.

Ainda de acordo com Moacir, o ex-prefeito de Campina Grande continua ouvindo os aliados e os eleitores antes de anunciar qual será sua posição quanto ao pleito de 2022.

No fim do mês passado, o deputado chegou a confirmar a construção de uma eventual aliança de Romero com o atual governador, João Azevêdo (Cidadania), fato que não avançou até a presente data. Rodrigues deu sinais de que vai desistir da disputa ao Governo da Paraíba, mas não anunciou ainda qual sua nova intenção para o pleito. “Romero é um político que tem a lealdade como sua bandeira”, pontuou na entrevista concedida nesta terça (16).

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *