Moro diz que não desistiu da Presidência e pede ‘unificação’ de ‘centro democrático’; VÍDEO

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, disse nesta sexta-feira (01), em pronunciamento à imprensa em São Paulo, que não ‘desistiu de nada’ e que pelo contrário, segue ‘firme no sonho na construção de um projeto para o país’. Ele também negou que seja pré-candidato a deputado federal.

Ontem (31), ao anunciar a saída do Podemos para ingressar no União Brasil, Moro havia dito que “abriu mão” da disputa pela Presidência da República e que tinha o objetivo de “facilitar as negociações das forças políticas de centro democrático em busca de uma candidatura presidencial única”.

No pronunciamento, ele pediu uma “união” do “centro democrático” contra o que chamou de “extremos” e afirmou que, apesar de não ter desistido do projeto da pré-candidatura, isso não pode ser “um projeto individual”. “Sinto-me mais fortalecido ao lado de grandes forças políticas para avançar em minha pretensão, sabendo que ela fará parte de uma construção coletiva”.

Críticas à polarização

“Temos que falar a verdade. O Brasil está em um ano eleitoral decisivo, no qual vamos escolher o tipo de país que queremos ser”, disse. Ele também criticou propostas políticas “erradas” e equiparou os governos do ex-presidente Lula (PT) e do atual, Jair Bolsonaro (PL).

Moro foi ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Jair Bolsonaro.  “São representantes de governos marcados por corrupção, mentiras, incompetência e busca de privilégios e impunidade. Para livrar desses extremos, coloquei meu nome à disposição do país”, informou.

Assista ao vídeo a seguir

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *