Em coletiva ao lado Bolsonaro, Paulo Guedes agradece Hugo Motta por aprovação de PEC dos Precatórios

O ministro da economia, Paulo Guedes, fez um agradecimento especial ao deputado paraibano Hugo Motta (Republicanos), nesta sexta-feira (22), pela aprovação da PEC dos Precatórios, que vai permitir ao Governo Federal realizar o pagamento do novo programa social, o Auxílio Brasil, sem furar o teto de gastos.

“Agradeço ao relator [o deputado] Hugo Motta, por ter feito um trabalho dentro do espírito original que nós propomos”, disse o ministro em coletiva, ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na ocasião, Guedes reafirmou o compromisso com o ajuste fiscal do país, mas salientou que o Governo tenta encontrar uma solução para atender a população mais vulnerável com um programa emergencial temporário, que vai pagar até o fim do próximo ano, o valor de R$ 400.

“Vamos ajudar os brasileiros, ajudar essas famílias, e reduzir o ritmo do ajuste fiscal. (…) Essa posição de equilíbrio é totalmente compreensível. A economia diz que não pode furar o teto, e a política afirma que tem que ajudar os mais pobres, e o presidente que decide. Não há nenhuma mudança no arcabouço fiscal, apenas dizendo o seguinte, preciso de uma licença para gastar mais 30 bilhões. A economia brasileira é forte o suficiente para segurar isso e eu consigo segurar”, garantiu.

Paulo Guedes continua no governo, apesar das especulações sobre sua demissão.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *