Direção do PL vai procurar prefeitos que aderiram a Azevêdo: ‘sem qualquer represália’, diz Bruno Roberto; Ouça

Pré-candidato ao Senado, Bruno Roberto, filho do presidente estadual do PL, deputado federal Wellington Roberto / Foto: reprodução

A direção estadual do Partido Liberal (PL), comandada pelo deputado federal Wellington Roberto, promete procurar os prefeitos dos municípios de Serra Grande, Vicente Neto, e Antônio Gomes, de Mari, que teriam anunciado adesão ao projeto político do govenador João Azevêdo (Cidadania).

Em mensagem enviada ao blog, o pré-candidato ao Senado, Bruno Roberto, filho de Wellington, garantiu, porém, que não haverá qualquer retaliação à movimentação dos gestores municipais, que segundo ele têm feito um ‘excelente’ trabalho em suas respectivas cidades.

Na avaliação de Bruno, o partido não entende as reuniões que os prefeitos mantiveram com o governador como produto de uma adesão política. Eles participaram de reuniões administrativas, na perspectiva do PL. “Buscaram recursos que puderam ajudar, de algum modo, a vida dos habitantes dessas cidades”, avaliou Bruno. (OUÇA ABAIXO).

“Confesso que a primeira leitura que faço é que há uma clara distorção de narrativa, até porque, se formos confrontar todos os recursos que foram deslocados pelo Governo Federal, em uma matemática objetiva e direta, nós damos de 5 para 1 em relação ao que foi acenado pelo Estado [para os municípios]. Mas tenho plena convicção que os prefeitos cumpriram sua função administrativa. Irei me reunir com ambos e não vislumbro qualquer situação de represália contra eles eles, pois são gestores de referência”, disse.

Bruno disse, também, que tem o apoio de ambos os prefeitos à sua postulação ao Senado. O partido promete, para as próximas semanas, uma série de filiações na Paraíba. A legenda abriga o presidente Jair Bolsonaro e tem como um dos objetivos, na Paraíba, agregar nomes que possam fortalecer a disputa na chapa proporcional nas eleições de outubro.

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *