Com voto de Nilvan Ferreira, ex-genro de Roberto Jefferson assume comando do PTB

O deputado estadual do Rio de Janeiro Marcus Vinícius Neskau foi escolhido presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), em votação realizada nesta sexta-feira (11). Ele contou com o apoio de Nilvan Ferreira, presidente do diretório estadual e pré-candidato ao Governo da Paraíba.

A eleição de Neskau é mais um capítulo da disputa interna no PTB envolvendo a antiga presidente, Graciela Nienov, acusada de trair o grupo do presidente de honra da legenda, Roberto Jefferson, que está em prisão domiciliar por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Jefferson é investigado por supostamente participar de uma ‘milícia digital’ que tem como objetivo atacar os Poderes da República e o STF. Ele nega. Desde que ele deixou o comando do partido, por decisão judicial, que a sigla passa por momentos de tensões internas.

A esposa de Neskau, Ana Lúcia Novaes, será a vice-presidente da legenda. À CNN, Neskau, que é ex-genro de Jefferson, afirmou que o partido irá apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PL) nas eleições de 2022 e que está focado em “eleger deputados federais e estaduais alinhados com o pensamento do presidente”.

O apresentador Nilvan Ferreira foi mantido na direção nacional, na condição de titular do Conselho Fiscal da legenda. Ele também segue no comando do PTB na Paraíba. Na semana passada, os dirigentes partidários haviam renunciado coletivamente para promover a destituição de Nienov da condução do partido.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *