Bolsonaro no Nordeste: há divergências entre as pesquisas e as ruas?

Sem entrar no mérito sobre os números das recentes pesquisas de intenção de votos para a Presidência da República, há uma pergunta que tem sido recorrente nas redes sociais e que, embora baseada na percepção e no senso comum, não deixa de ser legítima: há divergência entre o que dizem as pesquisas e o que se vê nas ruas?

De acordo com números mais recentes, o presidente Jair Bolsonaro (PL) estaria enfrentando uma rejeição recorde, sobretudo no Nordeste, onde teria seu pior desempenho pré-eleitoral. Mas as imagens registradas esta semana, quando Bolsonaro passou pela região, mostram um forte apoio popular.

Como explicar essa aparente divergência?

Ao visitar estados como Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, onde supostamente o ex-presidente Lula estaria liderando com folga, segundo os números, o atual presidente juntou multidões. Seja a pé, em ‘motociatas’ ou durante os discursos oficiais.

As imagens que circularam o país, com um Bolsonaro ovacionado pelos pernambucanos, ceares e potiguares, podem até  não servirem para desqualificar as pesquisas – já que estas são realizadas sob critérios científicos. Mas mostram ao menos que a base do atual presidente segue consolidada para a disputa de outubro.

Sim, o PT continua forte no Nordeste, mas Jair Bolsonaro conseguiu furar a bolha de esquerda na região.

Na última terça-feira (08), o presidente esteve em rápida passagem pela Paraíba, e no dia seguinte encerrou sua agenda institucional em Jardim de Piranhas, no Rio Grande Norte, em evento para celebrar a chegada da Transposição do Rio São Francisco.

As imagens do evento de encerramento, a seguir, falam por si. A eleição não será fácil, como dizem algumas pesquisas.

Assista ao vídeo a seguir:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *